O vazio aqui dentro

Uma vez me perguntaram por que eu achava que tinha o direito de decidir quando as pessoas deveriam sair da minha vida.

Eu tinha a resposta na ponta da língua.

” Porque é uma regra. Em algum momento essas pessoas decidiriam isso por elas mesmas. Eu estou apenas me poupando do trabalho de tentar faze-las ficar.”, “A regra é simples: se você não os tirar da sua vida, eles vão tira-lo das deles”.

Sempre tive certeza dos propósitos de cada pessoa em minha vida, ou dos meus em suas vidas. Era fácil decidir quando e onde esses propósitos se concluíam e a hora de sair de cena.  Mas desta vez não. Desta vez eu estou perdido dentro do vazio deixado por todos aqueles que preencheram algum espaço em mim, e agora não mais.

Eu me encontrava em um pedestal firme, sob o meu controle total, e governava esse vazio dignamente. Você me tirou desse pedestal e me afastou dele, me deixando perdido dentro do meu próprio espaço. E não há nada aqui além do meu corpo frio estirado no vácuo.

Minhas lembranças, dos dias ensolarados e das noites frias em que estivemos juntos se esvaíram aos poucos, me deixando apenas com um instante, quando o seu vazio preenchia o meu. Isso é tudo o que carrego em minha mente.

Eu estou esquecendo quem você era e o que significava para mim, mas por alguma razão você faz falta aqui. Mesmo sem um significado ou propósito. Mesmo você não somando em nada, você é parte importante do vazio aqui dentro.

Estilo de vida Textos

Henrique Satt Visualizar tudo →

21 anos de idade, apaixonado por literatura, fotografia e pela natureza.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: